Disney+ entrará na concorrência contra a Netflix

A nova plataforma de streaming Disney+, será lançado em novembro nos Estados Unidos e em 2020 nos países latino-americanos. Com uma proposta de trazer o conteúdo dos catálogos da Disney, Pixel, National Geographic, Marvel e Star Wars, o serviço de streaming custará mensalmente 7 dólares.

Na versão disponível para a imprensa é possível perceber que o visual da plataforma tenta atrair o público de forma mais intuitiva, ao invés de diversas descrições. Na convenção D3, na Califórnia, que acontece a cada bimestre,  a Disney anunciou as novidades  mostrando a interface de sua plataforma de streaming. Comparada com os concorrentes do mercado, a Disney+ demonstra ser mais organizada que a Netflix e mais próxima de plataformas como Hulu e Apple TV.

A Netflix possui um visual com diversos títulos que nem sempre estão relacionadas, mas a Disney+ tem uma maneira mais organizada de mostrar o seu conteúdo, facilitando ainda mais a busca do usuário. A Netflix tem mais tem mais de 4 mil filmes e mais de 1500 séries, o número pode mudar dependendo do país, mas não varia de forma brusca. A concorrente Disney+ possui 500 filmes e 7 mil episódios de maneira avulsa de séries.

O planejamento da interface da plataforma priorizou a simplicidade, a elegância, e a facilidade de manuseio para o usuário. O objetivo da Disney sempre foi agradar o público-alvo já cativado, mas a Netflix está de maneira constante criando novos conteúdos para fazer crescer o seu público em diferentes países.

Na parte superior da plataforma da Disney+, estão localizados os estúdios que possuem as suas respectivas produções, que podem ser acessadas pelo usuário, mais abaixo é possível encontrar sugestões de produções, da mesma maneira que a Netflix faz. Passando para o lado, será possível ver as demais recomendações que a plataforma fará baseadas no histórico do usuário. Também estarão disponíveis produções que foram passadas, caso o usuário deseje voltar ao conteúdo poderá ir em “continue assistindo”. Uma das boas notícias é que até sete perfis poderão ser acessados pela Disney+, e haverá a configuração de definir perfis infantis que não terão acesso a conteúdos que exijam uma classificação indicativa maior.

Inscrições abertas para o concurso da Prefeitura de Palmeira dos Índios – AL

Estão abertas as inscrições para o concurso público da Prefeitura de Palmeira dos Índios – AL. Há oportunidades para quem completou o ensino fundamental, médio ou superior. Somadas, totalizam 300 vagas.

Interessados vão poder se inscrever para os seguintes cargos: Contador (1); Enfermeiro (2); Técnico em Informática (1); Analista de Controle Interno (1); Médico Ortopedista (1); Engenheiro Civil (1); Analista de Planejamento e Orçamento (1); Enfermeiro Obstetra (1); Técnico em Segurança Do Trabalho (1); Médico dermatologista (1); Auxiliar de Serviços de Apoio e Administrativo Educacionais (40); Secretário Escolar (8); Arquiteto (1); Professor de Artes (1); Médico Angiologista (1); Assistente Social (2); Técnico de Recursos Humanos (1); Médico Cirurgião Geral (1); Agente de Autoridade de Trânsito (3); Odontólogo (1); Jornalista (2); Condutor de Veículos Escolares (5); Médico Urologista (1); Professor de Educação Religiosa (2); Médico Otorrinolaringologista (1); Farmacêutico (1); Professor de Educação Física (4); Médico Geriatra (1); Odontólogo Periodontista (1); Motorista (10); Médico Neurologista Pediatra (1); Analista de Compras, Licitações e Contratos (1); Médico Reumatologista (1); Técnico em Enfermagem (5); Médico Psiquiatra (1); Professor de Ciências Biológicas (5); Merendeiro Escolar (20); Médico Pneumologista (1); Professor de Geografia (4); Médico Mastologista (1); Professor de Educação Infantil até o 5º Ano (100); Médico Neurologista (1); Analista de Sistema (1); Médico Infectologista (1); Professor de História (4); Médico Pediatra (1); Odontólogo Pediatra (1); Médico Cardiologista (1); Professor de Inglês (3); Nutricionista (2); Educador Físico (1); Médico Proctologista (1); Professor de Língua Portuguesa (6); Odontólogo Buco-Maxilo (1); Técnico Em Higiene dental (2); Professor de Matemática (5); Terapeuta Ocupacional (1); Médico Clínico Geral (2); Fonoaudiólogo (1); Vigia Escolar (20); Agente de Combate às Endemias (2); Fisioterapeuta (1); Médico Ginecologista (1); Museólogo (1) e Psicólogo (2).

A remuneração oferecida chega a R$ 4.728,00. As inscrições para o concurso público da Prefeitura de Palmeira dos Índios – AL começam no dia 4 de setembro e seguem até 25 de outubro de 2019. Inscrições e mais notícias podem ser obtidas no site www.site.admtec.org.br.

A prova do concurso público da Prefeitura de Palmeira dos Índios – AL está prevista para o dia 17 de novembro de 2019.

Fintechs lideram lista das 25 startups mais desejadas para se trabalhar no país

As startups de soluções e serviços financeiros, também chamadas de fintechs, estão entre as mais procuradas pelos brasileiros para trabalhar em 2019. De acordo com uma pesquisa realizada pela rede social LinkedIn, que foi divulgada no dia 4 de setembro de 2019, as fintechs ficaram no topo da lista criada pela rede social com as 25 empresas inovadoras e jovens que mais são desejadas pelos brasileiros.

Na lista das 25 empresas mais desejadas no Brasil, há empresas fintechs nas duas primeiras posições e em outras 7 posições do ranking. A campeã entre as empresas mais procuradas para trabalhar no Brasil é o banco digital Nubank. Esta é a 2ª vez consecutiva que a Nubank lidera o ranking. Em seguida aparece o banco recém-lançado no país C6 Bank. Já o terceiro lugar foi conquistado pela empresa Loft, que atua na área de vendas e reformas de imóveis.

As fintechs também apareceram nas seguintes posições do ranking: 4º lugar banco digital Neon, 10º lugar Creditas, 11º lugar Warren Brasil, 20º lugar Zoop, 23º Contabilizei e 25º lugar Atlas Quantum.

A edição deste ano é a segunda elaboração da lista feita pelo LinkedIn. Os dados foram elaborados de acordo com o número crescente de funcionários, interesse em empregos, engajamento e atração de talentos em torno de cada uma das empresas mencionadas. Além disso, o LinkedIn considerou a taxa de pessoas interessadas nas vagas de cada uma das startups, assim como as candidaturas feitas em cada vaga disponível.

Outro fator considerado pela pesquisa para definir o ranking das empresas é o total de seguidores nas páginas das startups. De acordo com as notícias divulgadas pelo LinkedIn, a rede social considerou o número de visualizações e seguidores que se caracterizam como não-funcionários que segue as empresas listadas.

Na opinião de Rafael Kato, que é editor-chefe do LinkedIn, há uma diversificação nos segmentos da lista deste ano, e isso mostra que as startups de todos os tipos têm despertado interesse dos brasileiros. “Nesta nova edição, há empresas do setor financeiro, mobilidade urbano, alimentício e até mesmo investimentos. Isso mostra que as startups não são exclusivamente voltadas para internet ou tecnologia da informação. Essa é a prova de que muitos setores tradicionais do mercado podem aderir a revolução da desburocratização”, explica Rafael Kato.