O FUTURO DA JHSF, JOSÉ AURIEMO NETO

O setor de imóveis no Brasil em ritmo acelerado e os preços têm disparado da propriedade no país, mesmo quando a economia do país tem assistido a uma queda significativa nos últimos trimestres. O governo tem se concentrado no desenvolvimento da infraestrutura do país, e são as empresas privadas de desenvolvimento imobiliário, como a JHSF, que têm ajudado na realização de projetos massivos de desenvolvimento de infraestrutura, tanto no setor comercial quanto no residencial.

José Auriemo Neto iniciou sua carreira na JHSF em 1993. A JHSF é uma empresa de participações imobiliárias, cujo foco principal é o desenvolvimento comercial e residencial no mercado imobiliário. A JHSF engloba hotéis de luxo, edifícios de escritórios, shopping centers e restaurantes.

Em 1997, José Auriemo Neto liderou a JHSF no estabelecimento de sua empresa Parkbem. José Auriemo Neto, capaz de identificar a necessidade do mercado por uma empresa de gestão de estacionamentos, criou a Parbem como solução. Esta fundação da Parkbem, foi o início do Departamento de Serviços da JHSF.

Em 1998, José Auriemo Neto seguiu seu estabelecimento Parkbem com a fundação do shopping Shopping Santa Cruz. O Shopping Santa Cruz é um shopping center completo, com sala de cinema, muitas lojas e restaurantes. José Auriemo Neto também é responsável por administrar o shopping também.

Desde 2009, José Auriemo Neto é membro do Conselho de Administração da JHSF. A JHSF também possui um portfólio de varejo de grande porte, incluindo o Cidade Jardim e o Metrô Tucuruv em São Paulo, o Bela Vista em Salvador e Ponta Negra em Manaus, e José Auriemo Neto é responsável por gerenciar todos eles.

José Auriemo Neto, também estabeleceu a primeira parceria da JHSF com as marcas de luxo em 2009, com Hermes, Pucci e Jimmy Cho. Jose Auriemo Neto, foi capaz de liderar a JHSF e continuar sua tradição de identificação de oportunidades e implementações de soluções. José Auriemo Neto, membro da Young Presidents Organization, também foi o principal executivo por dois mandatos consecutivos, de 2003 a 2004 e novamente de 2004 a 2005.

José Auriemo Neto, continuou mostrando sua capacidade de liderar a JHSF na direção correta, alavancando sua experiência e ética de trabalho. A JHSF planeja abrir outro shopping em São Paulo no futuro próximo.

Tudo acaba em pizza, ainda mais se ela tiver 1,2 mil fatias e 3,5 m de diâmetro

Em agosto de 2019, algumas notícias inusitadas surgiram durante à Expointer no parque de exposição Assis Brasil, em Esteio (RS), quando foi assada a maior pizza do Brasil, com 3,5 metros de diâmetro e 160 kg. Foram necessárias cinco horas para assar a pizza que rendeu cerca de 1.200 pedaços, distribuídos ao público presente no momento, e virou a grande notícia

A Expointer é uma feira de exposição agropecuária que acontece todo ano na cidade de Esteio, no Rio Grande do Sul. Teve sua primeira edição em 1901, e, mesmo neste primeiro ano, teve participação de 2.200 expositores e um público de 67 mil pessoas, números expressivos e impressionantes para a época, demonstrando o grande interesse do público pelo evento, que contava com apresentações de animais bovinos, equinos, suínos, produtos agrícolas e artesanatos. Hoje em dia, o evento já evoluiu muito, mas nunca perdendo sua essência, conta com atrações como: Exposição de 151 raças de animais, julgamentos e leilões de animais, desfile dos campeões, máquinas agrícolas, feira de agricultura familiar, exposição de artesanatos, palestras técnicas, concursos entre raças equinas (freio de ouro), atrações culturais, entre outras coisas. Se você se interessou, pode conhecer mais sobre a feira neste link.

Na edição de 2019, a pizzaria The Petit resolveu inovar no entretenimento e marketing, cozinhando a maior pizza do Brasil durante o evento. À pizzaria precisou de 6 horas para assar à pizza, que possuía a seguinte receita: 60 quilos de queijo, 20 litros de molho de tomate, 35 quilos de tomates fatiados, 40 quilos de farinha de trigo e que possuía recheio de 5 queijos: muçarela, gouda, gorgonzola, parmesão e requeijão, que precisaram ser distribuídos por um profissional de rapel. Para preparar a pizza, foi preciso improvisar um forno com 12 tonéis cortados ao meio, com meia tonelada de lenha dentro. A temperatura de preparo foi de 90 °C. À pizzaria começou o preparo da massa uma tarde antes, e a colocou no forno improvisado as 7 horas da manhã, ficando pronta somente meio-dia, totalizando cinco horas necessárias para assar e ficar pronta. Bateu aquela vontade de fazer uma pizza ou de bater este recorde?

ExoMars 2020 tem o risco de ser adiada por falhas técnicas

De acordo com a Agência Espacial Europeia (ESA), a missão ExoMars está com um problema difícil de ser resolvido em seu sistema de paraquedas, o que pode causar um atraso no projeto que pretende voar até Marte no verão do Hemisfério Norte de 2020.

Planejada pela ESA e pelo serviço espacial da Rússia, essa missão considerada ambiciosa pretende mantar até o Planeta Vermelho um robô móvel desenvolvido inteiramente na Europa, o qual deverá perfurar o solo local e tentar descobrir mais informações sobre a existência de vida marciana no passado. Dentro desse projeto, a Rússia ficou encarregada pelo veículo de lançamento e a plataforma de pouso, e de forma conjunta com a ESA, na preparação do módulo de descida, que é o que está apresentando os problemas técnicos.

Caso consiga seguir o cronograma previsto, a missão terá início a partir do lançamento do foguete russo Proton, entre julho e agosto de 2020. Desse modo, a previsão é que a chegada em Marte aconteça em março de 2021. Como o sistema paraquedas está com falhas, a equipe responsável pelo projeto está em uma verdadeira viagem contra o tempo para que não haja atrasos.

Em um teste realizado no início de agosto, o maior entre os quatro paraquedas necessários para que o robô e o seu módulo pousem de forma suave na superfície de Marte, não apresentou o desempenho esperado. Em um teste prévio, os quatro paraquedas abriram, mas as velas de dois deles rasgaram durante o procedimento.

Segundo notícias divulgadas na imprensa internacional, as equipes da ESA e do serviço espacial russo já fizeram revisões no design do modelo, mas apesar das primeiras etapas no último teste terem transcorrido da forma esperada, a vela continuou sofrendo antes do momento de o paraquedas abrir, o que coloca em risco toda a missão.

De acordo com o chefe do programa ExoMars, François Spoto, nesse momento existe uma grande mobilização entre a equipe para vencer essa batalha contra o relógio. O próximo teste deverá acontecer entre os meses de novembro e dezembro, nos Estados Unidos, e o último antes da decolagem, em fevereiro de 2020.

Conheça a história das bolsas sustentáveis que chegaram na Semana de Moda de NY

Há cinco anos a haitiana Maude Jules, de 32 anos, migrou ao Brasil acompanhada de seus dois filhos (8 e 15 anos). A família atualmente mora em Caxias do sul, na Serra gaúcha, e a matriarca sustenta a casa produzindo bolsas de apreço internacional, feitas com couro reaproveitado das indústrias gaúchas de calçados.

Os modelos produzidos por ela e uma equipe formada apenas por imigrantes, viajaram até Nova York: no último ano (2018), as bolsas foram apresentadas às passarelas por modelos do mundo inteiro durante a Semana de Moda de NY. O desfile das tais “bolsas sustentáveis” foi ligado à plataforma Flying Solo.

A marca dos acessórios sustentáveis é a Volta Atelier e as peças são associadas ao trabalho da designer Fernanda Daudt. É ela quem coordena a equipe de produção e supervisiona o trabalho, tanto na cidade de Caxias do Sul quanto em São Leopoldo (duas cidades do Rio Grande do Sul).

As bolsas produzidas por Maude podem ser encontradas em mais de 10 pontos de venda nos EUA e também estão disponíveis para compra online, no site da Amazon.

Antes desse emprego, a haitiana trabalhou produzindo bombons e também no CAM (Centro de Atendimento ao Imigrante), auxiliando nas traduções dos recém chegados ao Brasil. M Foi justamente no CAM que ela aprendeu a costurar manualmente e foi escolhida para produzir as bolsas sustentáveis.

A artesã conta que já havia trabalhado com couro no seu país natal e que, por conta da sua habilidade, foi selecionada para agregar a equipe. Até hoje ela segue fabricando bolsas e acessórios de couro que antes seria descartado.

Maude Jules contou que seus filhos estão orgulhosos em saber que os produtos que ela fabrica estão sendo elogiados, citados por notícias e comercializados nos Estados Unidos. Além do mais, estão contentes pois agora ela consegue sustentar a família com tranquilidade. Seus filhos estudam e adoram o Brasil, ela garantiu que todos querem permanecer no país.

Os sonhos da haitiana de 32 anos não se findaram: Maude tem intenção de retomar os seus estudos, que foram interrompidos aos 17 anos, quando engravidou do primeiro filho, e também pretende fazer faculdade.

Disney+ entrará na concorrência contra a Netflix

A nova plataforma de streaming Disney+, será lançado em novembro nos Estados Unidos e em 2020 nos países latino-americanos. Com uma proposta de trazer o conteúdo dos catálogos da Disney, Pixel, National Geographic, Marvel e Star Wars, o serviço de streaming custará mensalmente 7 dólares.

Na versão disponível para a imprensa é possível perceber que o visual da plataforma tenta atrair o público de forma mais intuitiva, ao invés de diversas descrições. Na convenção D3, na Califórnia, que acontece a cada bimestre,  a Disney anunciou as novidades  mostrando a interface de sua plataforma de streaming. Comparada com os concorrentes do mercado, a Disney+ demonstra ser mais organizada que a Netflix e mais próxima de plataformas como Hulu e Apple TV.

A Netflix possui um visual com diversos títulos que nem sempre estão relacionadas, mas a Disney+ tem uma maneira mais organizada de mostrar o seu conteúdo, facilitando ainda mais a busca do usuário. A Netflix tem mais tem mais de 4 mil filmes e mais de 1500 séries, o número pode mudar dependendo do país, mas não varia de forma brusca. A concorrente Disney+ possui 500 filmes e 7 mil episódios de maneira avulsa de séries.

O planejamento da interface da plataforma priorizou a simplicidade, a elegância, e a facilidade de manuseio para o usuário. O objetivo da Disney sempre foi agradar o público-alvo já cativado, mas a Netflix está de maneira constante criando novos conteúdos para fazer crescer o seu público em diferentes países.

Na parte superior da plataforma da Disney+, estão localizados os estúdios que possuem as suas respectivas produções, que podem ser acessadas pelo usuário, mais abaixo é possível encontrar sugestões de produções, da mesma maneira que a Netflix faz. Passando para o lado, será possível ver as demais recomendações que a plataforma fará baseadas no histórico do usuário. Também estarão disponíveis produções que foram passadas, caso o usuário deseje voltar ao conteúdo poderá ir em “continue assistindo”. Uma das boas notícias é que até sete perfis poderão ser acessados pela Disney+, e haverá a configuração de definir perfis infantis que não terão acesso a conteúdos que exijam uma classificação indicativa maior.

Inscrições abertas para o concurso da Prefeitura de Palmeira dos Índios – AL

Estão abertas as inscrições para o concurso público da Prefeitura de Palmeira dos Índios – AL. Há oportunidades para quem completou o ensino fundamental, médio ou superior. Somadas, totalizam 300 vagas.

Interessados vão poder se inscrever para os seguintes cargos: Contador (1); Enfermeiro (2); Técnico em Informática (1); Analista de Controle Interno (1); Médico Ortopedista (1); Engenheiro Civil (1); Analista de Planejamento e Orçamento (1); Enfermeiro Obstetra (1); Técnico em Segurança Do Trabalho (1); Médico dermatologista (1); Auxiliar de Serviços de Apoio e Administrativo Educacionais (40); Secretário Escolar (8); Arquiteto (1); Professor de Artes (1); Médico Angiologista (1); Assistente Social (2); Técnico de Recursos Humanos (1); Médico Cirurgião Geral (1); Agente de Autoridade de Trânsito (3); Odontólogo (1); Jornalista (2); Condutor de Veículos Escolares (5); Médico Urologista (1); Professor de Educação Religiosa (2); Médico Otorrinolaringologista (1); Farmacêutico (1); Professor de Educação Física (4); Médico Geriatra (1); Odontólogo Periodontista (1); Motorista (10); Médico Neurologista Pediatra (1); Analista de Compras, Licitações e Contratos (1); Médico Reumatologista (1); Técnico em Enfermagem (5); Médico Psiquiatra (1); Professor de Ciências Biológicas (5); Merendeiro Escolar (20); Médico Pneumologista (1); Professor de Geografia (4); Médico Mastologista (1); Professor de Educação Infantil até o 5º Ano (100); Médico Neurologista (1); Analista de Sistema (1); Médico Infectologista (1); Professor de História (4); Médico Pediatra (1); Odontólogo Pediatra (1); Médico Cardiologista (1); Professor de Inglês (3); Nutricionista (2); Educador Físico (1); Médico Proctologista (1); Professor de Língua Portuguesa (6); Odontólogo Buco-Maxilo (1); Técnico Em Higiene dental (2); Professor de Matemática (5); Terapeuta Ocupacional (1); Médico Clínico Geral (2); Fonoaudiólogo (1); Vigia Escolar (20); Agente de Combate às Endemias (2); Fisioterapeuta (1); Médico Ginecologista (1); Museólogo (1) e Psicólogo (2).

A remuneração oferecida chega a R$ 4.728,00. As inscrições para o concurso público da Prefeitura de Palmeira dos Índios – AL começam no dia 4 de setembro e seguem até 25 de outubro de 2019. Inscrições e mais notícias podem ser obtidas no site www.site.admtec.org.br.

A prova do concurso público da Prefeitura de Palmeira dos Índios – AL está prevista para o dia 17 de novembro de 2019.

Fintechs lideram lista das 25 startups mais desejadas para se trabalhar no país

As startups de soluções e serviços financeiros, também chamadas de fintechs, estão entre as mais procuradas pelos brasileiros para trabalhar em 2019. De acordo com uma pesquisa realizada pela rede social LinkedIn, que foi divulgada no dia 4 de setembro de 2019, as fintechs ficaram no topo da lista criada pela rede social com as 25 empresas inovadoras e jovens que mais são desejadas pelos brasileiros.

Na lista das 25 empresas mais desejadas no Brasil, há empresas fintechs nas duas primeiras posições e em outras 7 posições do ranking. A campeã entre as empresas mais procuradas para trabalhar no Brasil é o banco digital Nubank. Esta é a 2ª vez consecutiva que a Nubank lidera o ranking. Em seguida aparece o banco recém-lançado no país C6 Bank. Já o terceiro lugar foi conquistado pela empresa Loft, que atua na área de vendas e reformas de imóveis.

As fintechs também apareceram nas seguintes posições do ranking: 4º lugar banco digital Neon, 10º lugar Creditas, 11º lugar Warren Brasil, 20º lugar Zoop, 23º Contabilizei e 25º lugar Atlas Quantum.

A edição deste ano é a segunda elaboração da lista feita pelo LinkedIn. Os dados foram elaborados de acordo com o número crescente de funcionários, interesse em empregos, engajamento e atração de talentos em torno de cada uma das empresas mencionadas. Além disso, o LinkedIn considerou a taxa de pessoas interessadas nas vagas de cada uma das startups, assim como as candidaturas feitas em cada vaga disponível.

Outro fator considerado pela pesquisa para definir o ranking das empresas é o total de seguidores nas páginas das startups. De acordo com as notícias divulgadas pelo LinkedIn, a rede social considerou o número de visualizações e seguidores que se caracterizam como não-funcionários que segue as empresas listadas.

Na opinião de Rafael Kato, que é editor-chefe do LinkedIn, há uma diversificação nos segmentos da lista deste ano, e isso mostra que as startups de todos os tipos têm despertado interesse dos brasileiros. “Nesta nova edição, há empresas do setor financeiro, mobilidade urbano, alimentício e até mesmo investimentos. Isso mostra que as startups não são exclusivamente voltadas para internet ou tecnologia da informação. Essa é a prova de que muitos setores tradicionais do mercado podem aderir a revolução da desburocratização”, explica Rafael Kato.