A história de Laerte Codonho no ano de 2018: o caso da “sonegação” de impostos

Algumas vezes observamos certas tendências do mercado e, junto com elas, marcas que emergem e ganham bastante destaque em notícias de jornais e afins, aqui citaremos algumas delas em um caso que mexeu com grandes nomes do mercado brasileiro, além do desfecho incrível para tal situação.

No ano de 2018, uma das empresas que possui muito destaque no cenário brasileiro foi acusada de dever aproximadamente 1,7 bilhões de reais, isso é levado em conta com base nas informações postadas naquele período. Estamos falando da Dolly e, nesse caso, principalmente, de seu dono, Laerte Codonho.

O que aconteceu nessa época prejudicou a vida do empresário que foi denunciado por sonegar esses impostos e ficou detido por 8 dias em uma unidade prisional, além de ter seus bens bloqueados e outros problemas correlacionados.

O caso é que a culpa pelos pagamentos indevidos já havia sido posta por Rogério Raucci, o contador de Laerte Codonho, esse deixava de fazer os devidos pagamento para depositar o dinheiro em sua própria conta. Apesar de no episódio ele também ter sido preso, as coisas não pararam por aí.

Então foi no dia 18 de maio do mesmo ano que a justiça entendeu que não havia provas bastantes para incrimina-lo, dando-lhe a liberdade novamente. Certo, parece que tudo acabou bem, não é? Mas para Codonho isso foi apenas o começo.

Além de ter prejuízos exorbitantes, o empresário teve que lidar com um problema maior ainda. De acordo com o próprio, existem marcas que o perseguem, concorrentes que diminuem suas chances de crescer no mercado. A Coca-Cola e AmBev, duas empresas citadas no episódio, de acordo com sua própria fala, buscam que sua marca caia, para conseguirem a supremacia no setor. Laerte Codonho utilizou de alguns fatos para mostrar que estava correto. Uma procuradora que bebia Coca-Cola no dia da sua prisão e a empresa que deu origem a investigação também estar ligada a essas marcas citadas acima. O empresário ainda acreditava na possibilidade do contador Rogério Raucci fazer parte desse esquema, do lado da Coca-Cola e AmBev. A história acabou, porém Laerte Codonho ainda busca a justiça.

O Inbound marketing e sua relação com o mercado brasileiro e mundial

Os algoritimos dos mecanismos de pesquisas mudam corriqueiramente e, a cada período, pode deixa alguns dos empresários da rede confusos.

Sempre foi importante que houvesse uma melhorar na relação que o empresário possui com a produção de conteúdo na web. Anos atrás isso se dava de maneira a causar problemas tanto para a empresa, como para o consumidor.

Surgiu então o Inbound marketing no mercado digital e com ele os alavanques em processos de vendas, compras, ranqueamento e engajamento.

O conceito desse termo já existia antes mesmo da internet se tornar famosa. Era usado em estratégias de marketing sem nem mesmo ser percebido, e, foi com esse desenvolvimento “as escondias” que esse mecanismo emergiu repentinamente com um enorme potencial.

No Brasil, segundo dados da State of Marketing, 88% dos brasileiros que estão envolvidos nesse mercado acreditam que as mídias sociais são uma solução trivial para seus negócios. Com esse número você já consegue ter uma pequena percepção de como os estabelecimentos digitais tem se tornado reféns de uma melhor administração, mas os dados não acabam por aí.

Mais de 93% dos profissionais brasileiros acreditam que o marketing para dispositivos móveis é outro ponto a ser destacado, visto sua enorme expansão no mercado atual. É assim que, com apenas poucos dados se torna possível perceber a grande interação brasileira com o Inbound Marketing.

Os recursos disponíveis na web tornam possível que certos processos sejam dinamicamente resolvidos, aprimorados e, em alguns casos, aumentando também a abrangência dos mesmos, como é o caso do e-mail. O e-mail marketing surgiu como uma forma bem simples de melhorar os mecanismos e trazer mais praticidade para os empresários, afinal, todo o processo de comunicação poderia ser feito a partir dele. Apesar de não ser considerado uma mídia social de fato, as empresas optaram por tais serviços por gerar um ótimo ROI e trabalhar bastante com automatizações, tornando o mercado mais simples e rápido.

As relações entre o marketing digital e a utilização de blogs por parte dos empresários

Mais cedo ou mais tarde se torna necessário aprender mais sobre o mercado digital e sua acessibilidade. Quanto mais alcance você tiver para sua marca, mais tempo dentro do mercado será possível para mesma. Um claro exemplo disso é a Coca-Cola que até o momento é uma das mais conhecidas empresas do mundo, sendo dona de diversas marcas.

Mas o que esse exemplo tem a ver com o marketing digital? Quando criamos uma empresa devemos estar atento a grande variedade de métodos para que ela cresça no mercado. Existem negócios que duram dias e outros que duram séculos apenas por entender isso.

O meio digital trouxe diversas características para o marketing atual. As empresas agora passam mais tempo checando e-mails do que nunca. Muito disso se deve ao engajamento que esse meio passa.

Mas calma aí, isso não acaba por aqui. Não apenas o e-mail é um ótimo canal de comunicação e engajamento, como também, o blog, as mídias e redes sociais e até mesmo propagandas e anúncios.

No caso particular do blog e sua situação no mercado temos alguns itens que devem ser destacados.

Ele é um método de comunicação simples, é possível encantar, com conteúdo, diversos tipos de pessoas, isso é, com personalidades diferentes. Para empresas que trabalham em ramos muito abrangentes é importante que essa maneira de fazer publicidade seja ao menos uma das constituintes do conteúdo do estabelecimento.

No Brasil mais de 61% das empresas utilizam o blog para distribuir conteúdo e geralmente com uma boa união de estratégias muitas delas ganham seu espaço no mercado.

Não é considerado o melhor meio para realizar tal ação, contudo é um dos potenciais desenvolvedor de muitas empresas por serem fáceis de gerir, permitir uma grande diversidade de conteúdo, isso é, vídeos, imagens, áudio e textos, podendo também servir de intermediador para que a pessoa conheça o real site da empresa.

As vantagens são realmente um ponto considerável e devem ser abordadas em diversas projeções para escolher qual o meio mais rentável e confiável para o desenvolvimento dos seus negócios.

A relação dos consumidores com o marketing de conteúdo na web

As empresas que fazem parte da nova onda empresarial estão cada vez mais ligadas a internet. Apesar de não haver um consenso sobre quais são os meios mais rentáveis e fáceis de lidar, quando o assunto é alcance podemos confirmar que todas as maneiras de fazer publicidade estão de acordo.

Quando o assunto é o marketing de conteúdo que se espalhou pela internet podemos considerar alguns itens com maiores alcances, outros com bons engajamentos e alguns com poder de persuasão maior.

Ainda assim é muito simples dizer que algo está em função apenas desses três artifícios. Segundo a iMedia Connection, 60% dos consumidores se sentem mais confortável com uma marca após consumir um produto da mesma. Isso mostra que nem sempre os métodos tradicionais convencem o cliente.

É importante sempre invar nesse quesito. Levando em conta o tempo para que exista essa ligação no mercado empresarial e você consiga trabalhar bem com sua persona ou público alvo, alguns dos empresários se adiantam em projeções de 5, 10 e até 15 anos.

Para se ter uma noção simples, atualmente, 70% das empresas brasileiras já adotam estratégias básicas do marketing de conteúdo e muitas delas trabalham com diferentes projeções, com novos projetos, com ideias realmente inovadoras. Além disso, 75% das empresas de médio porte adotam o marketing de conteúdo de acordo com a Content Trends. E das agências de propaganda e marketing cerca de 79% utiliza desses métodos para ter seu alcance aumentado em seus negócios.

Se tratando da aquisição de leads as estratégias dessa ação podem gerar em torno de 4 vezes mais visitas e 5 vezes mais leads, isso trabalhando com alguns mecanismos de alcance considerável, como o e-mail marketing que é considerado um dos meios mais rentáveis, quiçá o mais rentável do mercado.

Caso queira entender ainda mais sobre o mercado e o direcionamento dos consumidores é importante que pesquise cada vez mais, o conhecimento nessa área pode ajudar a crescer ideias para melhorar cada dia mais.

O engajamento que o e-mail marketing possui durante a pandemia

É de conhecimento de todas as corporações que lidam com o marketing de conteúdo no meio digital que o e-mail marketing é uma das fontes mais bem trabalhadas e elaboradas dentro do conceito de empreendedorismo digital. Uma compra, uma venda e até mesmo um engajamento pode ser gerado a partir desse recurso.

Não muito diferente das estratégias usadas em redes sociais para captar tráfegos maiores para empresas, usar mensagens que serão entregues na caixa de entrada de um possível cliente é uma forma de abordagem que visa estabelecer um negócio dentro do mercado digital, porém com algumas especificidades.

Por exemplo, uma grande vantagem relatadas por profissionais que utilizam a ferramenta é que a grande maioria das pessoas que optam por receber e-mails na sua caixa de entrada, redigidos por alguma empresa, acreditam que o conteúdo realmente seja relevante. Cerca de 95% das pessoas que pediram para receber essas mensagens no e-mail realmente acreditam que elas sejam importantes.

A comunicação pelos meios digitais, após os acontecimentos recentes, tem se tornado a melhor companheira dos empresários. Muitas empresas se aproveitaram dessa situação para mostrar sua capacidade na rede, onde compras e vendas aumentaram bastante.

O engajamento nesses dias tem se tornado mais acirrado ainda. Com uma grande quantidade de estabelecimentos “dando uma chance” para o e-mail marketing é possível dizer que transparência e comprometimento que as empresas devem passar para o cliente vão ser cada vez mais importantes, a ponto de vim cada vez mais de imediato a mente do consumidor.

Segundo dados da Litmus, empresa que também lida com o marketing digital, o tempo médio para chamar atenção do cliente, nessa estratégia, é de 3 a 4 segundos. Além disso notícias apontam que esses números tendem a crescer absurdamente durante e após a pandemia de corona vírus.

O foco do mercado atual está cada vez mais ligado a estratégias relacionadas ao meio digital, mesmo antes do isolamento social. O crescimento do mundo digital sempre foi bastante nítido.

O empresário Duda Sirotsky Melzer tem o prazer de ser conhecido como CEO da Duda Melzer

Eduardo Sirotsky Melzer é o CEO da EB Capital. A empresa está localizada no Brasil. Eduardo Sirotsky Melzer gosta de se reunir com colegas de trabalho para encontrar capitalistas de risco. Duda Melzer quer que uma equipe de colegas de trabalho trabalhe em empréstimos e investimentos bancários. A empresa gosta de usar a tecnologia para ajudar a localizar investidores que desejam ser incluídos em projetos localizados no Brasil.

O empresário brasileiro Duda Sirotsky se concentra em montar projetos para empresas no Brasil. Melzer tem trabalhado para melhorar a rede através da tecnologia. Melzer gosta de ouvir planos e estratégias de negócios trabalhando com empresas locais. A equipe ajuda a Duda a encontrar mais oportunidades de negócios para a EB Capital. Os colegas podem iniciar projetos ou planos de negócios que ajudarão os negócios internacionais.

Entrevista com o empresário Eduardo Sirotsky Melzer (Duda Melzer) – Nomeado empreendedor do ano em 2015, Eduardo Sirotsky Melzer foi o CEO do Grupo RBS, um dos maiores sindicatos de mídia da América do Sul. Melzer agora dirige sua empresa de capital de risco, EB Ventures. Ele se sentou em uma entrevista para nos contar sobre ele e sua visão empreendedora.

Qual é o seu livro favorito e por quê? Um livro de Adam Grant chamado “Originais” reflete minha perspectiva. O livro é sobre perseverança e superando as limitações do passado para alcançar seus objetivos.

Qual é o método que você usou para expandir seus negócios? Como é impossível controlar todas as facetas da sua organização, a criação de uma equipe confiável para atribuir trabalho permite que você se concentre no que é bom, especialmente quando esse membro da equipe é melhor nessa tarefa do que você.

Como você atualiza suas idéias? Boas ideias são impressionantes, mas estagnam sem ação. Damos grande valor à criação de ideias na EB Capital; o objetivo é unir pessoas inteligentes em torno de uma ideia para que possamos avançar em uma direção.

Descreva um dia típico para você e como você mantém seu nível de produtividade

Um treino matinal é como começo o meu dia, geralmente por volta das 5 da manhã. Isso me ajuda a permanecer adaptável às minhas circunstâncias, porque não importa o quanto eu me prepare, meus dias são imprevisíveis.

Eu gosto de terminar meu dia com minha família. Minha produtividade vem de manter um equilíbrio entre trabalho, família e esportes.

Nomeie uma falha que você experimentou e como a conquistou – Houve um tempo em que grandes empresas de tecnologia estavam voltando sua atenção para o Brasil, que começou a diminuir nosso mercado, pois muitas empresas de mídia estavam adotando a tecnologia.

Competir com essas empresas em seus termos foi uma batalha difícil que acabou resultando na venda do empreendimento. A lição foi que o Grupo RBS administra e gerencia muito bem as empresas. Sem esta lição, talvez eu não tivesse tido a ideia de iniciar a EB Ventures

Abastecimento de água irregular afetou 18,4 milhões de brasileiros em 2019

De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), até o final de 2019 a falta de abastecimento de água regularmente ocorria em 10% dos domicílios no Brasil. Divulgado em novas notícias no dia 6 de maio, o levantamento feito pelo instituto aponta que a situação mais grave foi identificada no Nordeste, onde um domicílio a cada quatro não contava com a frequência do abastecimento de água diariamente.

No ano passado, o Brasil registrou um total de 72,4 milhões de domicílios. Dentre esse total, a maioria representada por 97,6% contava com a água canalizada. Contudo, 63,8 milhões que corresponde a 88,2% do total tinha, além da água, todos os demais serviços incluídos na rede geral de abastecimento. Nesse último caso, 85,5% das pessoas contavam exclusivamente com a rede geral de abastecimento.

Outro dado interessante é que entre as pessoas que tinham acesso aos serviços gerais de distribuição, uma parcela de 88,5% contava com o recebimento de água diariamente. Nesta população, 5% dos domicílios declararam que a frequência do abastecimento chegava a até seis vezes por semana, enquanto que 4,9% do total declararam receber água três vezes por semana no ano passado.

Esses dados mostram que no ano passado 6,1 milhões de casas do país não tinham o abastecimento de água garantido diariamente, e isso impactou na vida de cerca de 18,4 milhões de pessoas no país.

Contudo, o Nordeste apresentou o pior cenário dentre as regiões do país. A pesquisadora e analista Adriana Beringuy informou que apenas 69% dos domicílios no Nordeste contavam com o abastecimento de água todos os dias. Além disso, 11,6% dos domicílios na região contavam com abastecimento em até seis dias da semana e 14,2% informaram que a água canalizada chegava às torneiras em no máximo três vezes por semana. Isso significa que 25,8% dos domicílios no Nordeste não tiveram o abastecimento de água regular.

“A nossa conclusão é que os lares nordestinos não contam com o abastecimento de água regular, mesmo no caso daqueles que já possuem os demais serviços da rede geral de abastecimento”, informa Adriana.

Não basta lavar bem as mãos, também é preciso higienizar as compras: conheça alguns cuidados nesse sentido se proteger da Covid 19

O distanciamento social é uma das principais recomendações dos órgãos de saúde para evitar a disseminação ainda maior do novo coronavírus (Covid-19). Lavar frequentemente as mãos com água e sabão ou usar álcool gel; usar máscara sempre que sair de casa, especialmente em locais poucos ventilados; e evitar tocar no rosto são outras orientações das autoridades no assunto. Todavia, não é só isso — não se pode esquecer de tomar os devidos cuidados também com as compras que “vem da rua”.

Isso mesmo, a higienização de tudo que vem de fora — seja do mercado, da farmácia, da feira ou de outros locais — é fundamental e precisa de atenção. Isso porque, segundo as notícias dos especialistas, sacos plásticos e demais embalagens também podem servir como meio de contaminação para a Covid-19. Ou seja, a transmissão acontece, sim, somente de pessoa para pessoa, mas pode ser tanto de forma direta (tendo contato quem está contaminado) quanto indireta (tendo contato com uma superfície contaminada por alguém que está contaminado e levar as mãos não higienizadas ao rosto, por exemplo).

De acordo com o infectologista Jean Gorinchteyn, do Hospital Emílio Ribas, de São Paulo, água e sabão já são suficientes para limpar itens que vêm em embalagens de plástico, como é o caso dos produtos de limpeza. Já para higienizar os produtos que são à base de papelão, um pano umedecido com um pouco de álcool a 70% funciona bem — “passa o pano e pode colocar no armário de forma tranquila”, afirma ele.

As frutas e legumes, por sua vez, precisam ser deixados em um recipiente com água e quatro gotas de hipoclorito de sódio, orienta Gorinchteyn — “mantém por cinco ou dez minutos, depois despreza essa água e lava com água corrente normalmente”, acrescenta o infectologista.

Para os casos das carnes, os cuidados também devem ser com as embalagens, e não com o conteúdo em si, alerta Jean Gorinchteyn — “então, chego em casa, abro essas embalagens de forma cuidadosa e já jogo no lixo. Lavo a mão com água e sabão, porque vou estar do lado da pia, e coloco [a carne] em outro recipiente no qual eu possa guardar na geladeira”, esclarece.

De acordo com Gorinchteyn, ainda é preciso ter cuidado com as sacolas plásticas — o mais indicado é descartá-las, assim como as embalagens de papel, uma vez que não se sabe quem e quantos manipularam esses itens recentemente, conclui o infectologista Hospital Emílio Ribas.

Otimização de conversão para celular: tudo sobre velocidade

Hoje, quase ninguém suporta sites e aplicativos móveis volumosos e inconvenientes. As pessoas esperam poder tirar o máximo proveito dos smartphones populares na velocidade da luz. Para atender à necessidade dos clientes na rápida navegação na Internet, os especialistas em marketing devem pensar em usar métodos destinados a eliminar limitadores de velocidade.

O desejo de gratificação imediata – esse termo psicológico agora descreve não apenas o comportamento de crianças pequenas. O mundo móvel instilou em nós o hábito de receber o que queremos, aqui e agora, sem demora. É por isso que as marcas devem cuidar de seus usuários nesses micro momentos em que procuram o site da empresa, solicitam informações e notícias sobre o produto ou um guia para seu uso.

60% dos usuários admitiram que, graças à pesquisa on-line, a decisão de comprar atualmente é muito mais fácil do que há alguns anos atrás. Para as marcas, são esses micro-momentos que duram uma fração de segundo que são de tremenda importância.

Algumas estatísticas – Se seu site ou aplicativo para celular for desconfortável ou muito lento, 29% dos usuários de smartphones mudarão imediatamente para uma solução alternativa de concorrente. O motivo é a insatisfação das necessidades dos clientes em potencial: 70% farão isso por causa do download lento de arquivos e 67% se a compra ou a busca de informações exigir muitas etapas intermediárias.

Elimine etapas desnecessárias – Se a velocidade diminui, movimentos desnecessários são irritantes. Em outras palavras, a funcionalidade móvel é fundamental. Quanto mais ações o seu produto implica, mais cedo o usuário cometerá um erro.

Pense no objetivo do seu site ou aplicativo para celular. O que você está tentando levar para um novo nível – atividade do usuário, vendas por celular, número de registros, chamadas ou visitas à página? Comece definindo seus objetivos e maneiras de eliminar etapas desnecessárias do usuário no caminho para isso.

Antecipando desejos – É importante ser capaz de reconhecer rapidamente o que o cliente deseja antes do momento em que ele próprio percebeu isso.

Primeiro, confira as principais descobertas de conteúdo e análises para celular. O que exatamente o usuário faz no seu site para celular? Em seguida, considere as seguintes maneiras de melhorar sua versão para celular:

Coloque os botões da frase de chamariz no local mais visível da sua página inicial e oculte os botões para ações menos importantes nos cabeçalhos do menu.

Use os recursos GPS integrados dos smartphones. 61% dos usuários têm mais chances de fazer compras em sites e aplicativos para celular que levam em consideração informações sobre sua localização.

Sony afirma que PS5 será lançado até o fim do ano

Notícias: a Sony publicou os resultados fiscais do primeiro trimestre do ano e durante o comunicado assegurou que o PlayStation 5 será lançado ainda em 2020. Entenda mais!

A pandemia causada pelo Covid-19 se mostrou uma preocupação não só para o setor de saúde, como também a indústria. De acordo com a Sony, “ocorreu um leve impacto na produção do PS4 por conta do fornecimento de seus componentes”, contudo a demanda atual está sendo suprida pelos insumos em estoque.

A companhia também assegura que ainda não surgiram grandes problemas durante o desenvolvimento de jogos ou na plataforma do console, seja em seus estúdios próprios ou de seus parceiros.

Em relação a receita do atual console, a empresa afirma que as vendas atingiram 110 milhões de unidades, contudo sua receita reduziu 14% ano a ano. Para o PS5, a Sony destaca que ainda há restrições, como a de viagens de funcionários e a jornada home office, contudo enfatiza que o lançamento chegará ao mercado na época do Natal de 2020.

De acordo com o comunicado, as vendas de jogos baixados e assinaturas do PlayStation Now e PS Plus “aumentaram sensivelmente”, porém não apresentaram números reais.

PS5

A Sony revelou em março as especificações técnicas do videogame, que incluem:

CPU: 8x Zen 2 em 3.5 Ghz

GPU: 10.28 TFLOPs, 36 CUs

16 GB de RAM

Armazenamento: 825GB SSD

Leitor de discos: 4K UHD Blu-ray Drive

O console da próxima geração chegará com o novo DualSense para substituir o DualShock. O novo joystick terá sensores hápticos e design mais ergonômico.

Sony Studios

A companhia japonesa também apresentou um vídeo com a nova marca que irá unificar seus títulos originais: PlayStation Studios, prevista para ser lançada no fim do ano juntamente com novo console. A ideia é unir todos os jogos desenvolvidos e gerenciados pela Worldwide Studios da Sony Interactive Entertainment.

Eric Lempel, executivo chefe de marketing global da Sony Interactive, ressaltou a importância dos títulos lançados nos últimos anos e a necessidade de uni-los em uma só marca, para que o público saiba que os títulos desta marca oferecem uma experiência inovadora.