Dados indicam o perfil do empreendedor e suas preferências

Um estudo realizado pelo Sebrae em parceria com a MindMiners, revelou dados sobre a abertura de empresas no Brasil. Foram 11,1 milhões de empresas que tiveram o seu início por uma necessidade, o levantamento considera os três últimos anos e meio. Tanto os empreendedores que já estão atuantes no mercado quanto quem planeja empreender foi ouvido na pesquisa.

De acordo com a pesquisa a maioria dos empreendedores (51%) que já tem empresa prefere ter em seu negócio uma pessoa que seja da família para ser sócio. 29% dos entrevistados preferem um amigo para ter uma sociedade.

A presença de uma empresa no meio físico e no virtual é outra característica que está presente. Aproximadamente 42% dos pesquisados afirmam ter uma loja física e online. 38% estão somente na versão física e 20% apenas na virtual.

No modelo de negócio o estudo revela que 34% atua vendendo diretamente para uma empresa B2C (que por sua vez vende para o consumidor final). 24% das empresas vendem para o varejo, 8% são marketplaces, 7% são B2B (vendem somente para outras empresas) e 3% trabalham com exportação.

A motivação para a criação de uma empresa são várias, os dados da pesquisa revelam as seguintes razões: 57% dos empresários afirmam que começaram um negócio por verem uma oportunidade de ter mais liberdade e autonomia, para 53% as chances de crescer é o maior atrativo. 35% mudaram suas carreiras por desejarem se tornar líderes, 19% dos trabalhadores alegam que não estavam satisfeitos com a forma tradicional de emprego, 18% estavam procurando uma maneira de driblar a crise, 17% têm a intenção de melhorar o país enquanto 16% almejam ocasionar um impacto na sociedade e disruptivo no mundo.

O medo mais comum entre os entrevistados (52%) é ter que fechar as portas porque a empresa não deu certo. 38% receiam não ter um investidor que possa apostar no negócio e 21% não desejariam ter que entrar em conflito com o sócio ou parceiro de negócio, no entanto, a maioria dos pesquisados (61%) afirmam que o principal fator de sucesso para a empresa depende apenas deles mesmos.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *