Empreendedorismo, a porta de entrada para um admirável mundo novo

 

O globo terrestre abriga mais de 7 bilhões de pessoas organizadas numa espécie de pirâmide econômica, sendo que o topo, que corresponde a 1% da população, concentra 45% da riqueza mundial. A parte de baixo desta pirâmide é bem mais diversa, heterogênea. Tem desde populações inteiras cuja grande preocupação diária é a alimentação entre outras necessidades básicas até a classe inserida no mercado de trabalho, formal ou informal, gente que forma o grupo de consumidores, alvo de toda publicidade massificada.
A cinquenta anos atrás, os bisavós da geração Z estavam se aposentando, após trinta anos de trabalho estável e rotineiro, batendo ponto diariamente e com o salário garantido ao final do mês, sem maiores surpresas. Eram operários, bancários, contadores, enfim, uma legião de cidadãos bem encaixados em seu contexto histórico.
O momento de hoje impõe desafios impensáveis para aqueles “anos dourados”. A população envelhece graças a uma expectativa de vida alargada pela medicina, deixando os fundos de previdência em frangalhos. As leis trabalhistas se modificam, seguindo a tendência do liberalismo econômico, outorgando mais autonomia nos contratos e flexibilizando o trabalho. Num mundo onde a verdade foi ultrapassada perigosamente pela pós-verdade e os valores basilares se diluíram num caldo engrossado com imprecisões, neste planeta em que a parte de baixo da pirâmide acotovela-se para manter-se como um consumidor ativo e não ser sugado pela margem, não tem mais lugar a figura nostálgica do bom e fiel funcionário.
É por isso, caro leitor, que empreender significa muito mais que “abrir um CNPJ”. Empreendedorismo está na atitude da iniciativa pessoal, ação conjunta com a proatividade, fazer acontecer. Quem quer ser empreendedor deve aprender a não tolerar os buracos negros das zonas de conforto. O empreendedor deve combater em si o pecado mortal da preguiça, numa de suas facetas mais conhecidas, a procrastinação.
Neste mundo meio maluco onde gurus da internet misturam misticismo da nova era com física quântica, só pra dizer pra você que “aquilo que você pensa acontece”, é preciso ter em mente que empreender já não é uma opção, é, ao mesmo tempo um bote salva-vidas e um passaporte para o sucesso.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *