Dicas de negócios lucrativos no inverno

Resultado de imagem para Dicas de negócios lucrativos no inverno

Quando chega o inverno é muito comum as pessoas deixarem de jantar fora ou sair para outros passeios por conta do frio.

É aí que mora o perigo para os empreendedores. É nesse período que eles correm o risco de lucrar menos ou até de perder dinheiro.

Mas existem sim grandes oportunidades de negócios no inverno, que podem beneficiar inclusive quem mora nas regiões do Brasil que faz frio a maior parte do ano.

E, dependendo do negócio, mesmo nos dias mais gelados as pessoas não deixarão de sair de casa para apreciar um produto de qualidade.

Mas se a sua preocupação é ter um empreendimento que só lucre no inverno não se preocupe. Você pode apenas acrescentar algumas opções de produtos para vender nesse período. Se, por exemplo, você tem uma casa de lanches, você pode incluir no cardápio de inverno algumas opções de caldos. Assim você mantém seu produto, mas não deixa de lucrar ao longo do ano.

Veja a seguir algumas dicas de negócios lucrativos no período do frio.

1 – Cafeteria

No inverno as pessoas buscam se aquecer saboreando um café bem quentinho acompanhado de um delicioso salgado.

Quanto mais opções de bebidas quentes tiver a cafeteria, melhor, assim ela agrada a todos os gostos e isso chama a atenção de grandes grupos de amigos.

Já no verão é possível incluir bebidas geladas com chás e sorvetes. Assim a cafeteria garante público o ano todo.

A média de custo para montar um espaço desses é de 40 mil reais e os lucros costumam ser altos, principalmente se a cafeteria estiver em locais estratégicos, como shoppings ou regiões comerciais, pois durante a semana é muito comum as pessoas que trabalham nos escritórios próximos aproveitarem para tomar um cafezinho após o almoço ou nos intervalos do trabalho.

2 – Quiosque do caldo

No inverno a busca por caldos é bastante grande. Além de muito saborosos, eles esquentam bastante o corpo.

Você pode incrementar seu quiosque com vinhos e espetinhos. Esses últimos, inclusive, podem ser o ponto alto no período do verão.

O investimento gira em torno de 25 mil reais, muito menor do que o custo de abrir um restaurante. Mas se prefere investir em um espaço maior, saiba que ele tem muita chance de dar certo se fizer caldos que agradem o paladar do público.

3 – Doceria

O frio aumenta nosso apetite e a nossa vontade de comer doces, por isso as docerias costumam ficar lotadas na época do inverno.

Docinhos quentes como torta de maçã e fondue ou opções bem incrementadas com cobertura de chocolate e chantili são boas pedidas. Já no verão fica bem atrativo um cardápio de doces com frutas como tortas, sorvetes e mousses refrescantes.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *