Como se forja um empreendedor de sucesso?

O ato de empreender está fortemente associado à atitude de superação de situações que se apresentam como cristalizadas e acima de questionamentos quanto à conveniência de permanecerem como são, ainda que as circunstâncias se tenham alterado ao longo do tempo.

Diante disso, o sujeito que empreende normalmente parte de uma inquietude interior que o impele em direção à ultrapassagem de limites com marcos consolidados, seja pela tradição, seja pela mera acomodação ou, não poucas vezes, pela ignorância e pelo medo.

Assim, o empreendedor percebe o contexto, verifica a necessidade de mudança que se apresenta e traz à existência o inusitado. Às vezes são novas utilidades para a sociedade; noutras ocasiões, métodos de produção antes não cogitados; ou, ainda, o descortinamento de nichos de mercado que não haviam sido identificados. Nesse movimento, por consequência, mostra a todos onde estão as possibilidades de ampliação de fronteiras em diversas áreas.

Ao capitanear processos dessa natureza, o empreendedor acaba por gerar uma espécie de desordem criativa. É ele que, via de regra, enxerga o que ninguém ainda percebeu e, mais do que isso, promove mudanças significativas no âmbito de seu universo de interesse, de formação ou de atividade profissional.

Uma discussão frequentemente ligada à pessoa do empreendedor diz respeito à formação de seu perfil. Em suma, deseja-se saber o seguinte: Afinal, será que ele nasce pronto, talhado para empreender, ou será que ele é forjado pelo meio em que vive e pelas experiências que tem ao longo da vida?

Embora seja certo que cada situação está ligada às peculiaridades que lhe constituem, pesquisadores que tratam de questões relacionadas ao empreendedorismo são unânimes em afirmar que o empreendedor surge de uma combinação que mescla os talentos inerentes ao indivíduo com as influências que recebe das comunidades com as quais interage mais corriqueiramente.

Ou seja, o empreendedor é, antes de tudo, um ser social, com possibilidades e limitações, que dedica tempo suficiente e trabalho consistente na busca de seus objetivos. Nesse processo, participa de trocas que lhe fazem avançar, retroceder e avançar outra vez, até que realize seu intento.

Sem dúvida, não haveria nenhum exagero em afirmar que cada um de nós possui dentro de si um empreendedor latente aguardando pelo momento de despertar. Empreender com sucesso, entretanto, dependerá do grau de disposição individual para deixar a zona de conforto, arregaçar as mangas decididamente e, com coragem e compromisso, avançar rumo a horizontes ainda não explorados.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *