PREPARE-SE PARA EMPREENDER

As altas taxas tributarias e incertezas políticas são fatores contínuos que afetam a vida da empresa, porém aponta-los como os únicos vilões é no mínimo ingenuidade. O principal motivo que faz uma empresa fechar é o baixo nível de gestão empresarial que provoca a falta de capital de giro, baixos lucros e alto endividamento.

Capacidade para buscar soluções, ter cultura inovadora e aprender com os erros fazem com que empreendedores ganhem funcionários e gestores mais comprometidos e responsáveis, tornando o negócio altamente competitivo.

MÁGICA.

O brasileiro é considerado empreendedor e criativo e em momentos de crise com altos índices de desemprego a palavra MOTIVAÇÃO surge como uma solução mágica para todos os problemas, unindo a criatividade com empreendedorismo. A motivação por si só não leva a lugar algum, aliás tem uma frase muito difundida pela internet que diz:

“Na subida do Everest existem centenas de corpos de pessoas altamente motivadas”

Portanto, não se trata apenas de motivação, para aumentar as chances de sucesso é preciso que haja preparação e capacitação.

TIPO DE EMPREENDEDOR

O Nato – Vê oportunidades de negócios onde outros não veem, coloca as ideias em pratica desde cedo;

O Oportunista – Oposto do nato, não é otimista nem confiante, não busca empreender e aguarda a oportunidade bater a sua porta;

O Ambicioso – Ficar rico é o seu objetivo e sua maior motivação é ganhar dinheiro, não importando o tipo de negócio ou se possui afinidade;

O Idealista – Oposto do ambicioso, é motivado pelo impacto social que seu empreendimento pode gerar, o dinheiro será consequência do trabalho;

O Autêntico – Tem um jeito próprio de fazer as coisas, é reticente quanto a seguir regras e tem crenças pessoais que influenciam na escolha de seu trabalho;

O Legatário – Herdou as características empreendedoras ou o próprio negócio, foram preparados para assumirem o comando e praticam o que aprenderam formalmente e com seu tutor.

APRENDENDO

Para se tornar um empreendedor de sucesso, é preciso identificar o seu perfil e buscar as ferramentas disponíveis para adquirir as características que lhe faltam, como:

  • Iniciativa;
  • Perseverança;
  • Coragem para correr riscos;
  • Capacidade de planejamento;
  • Eficiência e qualidade;
  • Rede de contatos;
  • Liderança.

É necessário também, entender como um plano de negócios funciona, saber como o mercado é definido e detectar as carências. Com essas informações é possível dimensionar o escopo de atuação, o tipo de marketing, a projeção de lucros e etc.

Aprender conceitos e elementos básicos sobre finanças, apuração dos resultados do negócio, calcular o fluxo de caixa é primordial para poder ser capaz de diagnosticar a situação financeira.

SAIBA MAIS SOBRE EMPREENDEDORISMO, ACESSE O PORTAL DO SEBRAE

 

FLAVIO MALUF, TRAJETÓRIA PROFISSIONAL E VISÃO EMPREENDEDORA

A história de um empresário profissional do porte de Flavio Maluf tem início com o ingresso na formação de engenheiro mecânico pela Fundação Armando Álvares Penteado, na cidade de São Paulo. Mas as metas eram mais ousadas. Para ampliar seu olhar empreendedor, ingressou na renomada Universidade de Nova York – NYU para estudar Administração.

Desde 1987 Flávio Maluf escreve sua trajetória profissional no Grupo Eucatex, adquirindo expertise em diversas áreas da empresa como na área de trade da empresa e em seguida na área industrial, onde ficou até 1996.

De espírito empreendedor e visão global, naquele mesmo ano, a convite de seu tio, à época presidente da empresa, passou a integrar o quadro de executivos do Grupo, oportunidade providencial para seu empreendedorismo o revelar homem de sucesso.

Suas colaborações significativas para os negócios gerarem bons resultados e o reconhecimento consagrado em 1997, quando em acordo entre executivos e familiares, assumiu a presidência do Grupo Eucatex, lugar que ocupa até hoje.

Flavio Maluf tem marcado seu diferencial olhar visionário, imprimindo um modelo de gestão focado na inovação, na modernização e forte investimento em criação de novos produtos. Permanente aperfeiçoamento, presença atuante, não concentradora, e tempestividade frente às oportunidades são princípios caros a Flavio Maluf.

Estar na presidência do Grupo Eucatex é também assumir a responsabilidade por um legado valioso, algo que se confere com o histórico do empreendimento e em que contexto foi escrito.

Em 1951, ano inicial das atividades da empresa, o Brasil inaugurava uma década de avanços significativos de industrialização com a importação de máquinas, equipamentos e um vigoroso investimento do Estado e do capital internacional e privado nacional. A empresa despontava neste cenário como pioneira no conceito de conforto ambiental e acústico, introduzindo o eucalipto como matéria-prima de chapas e painéis.

Em Salto, São Paulo, foi inaugurada a pedra fundamental da primeira fábrica, hoje denominada de Unidade Chapas, e produzidos os primeiros forros acústicos e chapas soft de fibras de madeira. A fabricação de chapas isolantes e acústicas lhe conferiu expressiva projeção nacional e no mercado exterior junto às indústrias da construção civil e aos fabricantes de móveis.

Com a evolução dos negócios, e hoje sob sua regência, em 2010 foi instalada nova fábrica naquela mesma cidade, além de mais uma unidade industrial em Botucatu.

No plano familiar, Flavio Maluf constituiu matrimônio em 1986 com a Sra. Jacqueline de Lourdes Coutinho Torres. Seus três filhos, uma formada em Engenharia Química em Londres, um de 19 anos em Administração de Empresas pela Fundação Armando Álvares Penteado, e seu filho de 15 anos, já se preparando para a jornada de formação profissional com planos de estudar Engenharia na Inglaterra, são provas de que seu histórico de esforços é mesmo inspirador.

Flavio Maluf também cuida da identidade do Grupo Eucatex para além dos muros, fazendo-se presente em eventos beneficentes e ações voluntárias na comunidade local, a exemplo da colaboração com o Hospital e Maternidade Ídio Carli, antiga casa de Saúde Santa Emília, atitudes que o reafirmam como homem antenado com seu tempo.