Como medir a lealdade do usuário online?

Como medir a lealdade do usuário? A questão pareceria clara. Mas existem muitas soluções para esse problema. O equívoco dos profissionais de marketing: você pode medir a lealdade do usuário apenas se a empresa oferecer um programa de lealdade.

A presença de um programa de fidelidade simplifica a solução da tarefa. Mas existem métodos para medir a lealdade com base no comportamento do usuário.

Como medir a lealdade do usuário? Aqui estão maneiras eficazes de determinar o comprometimento da marca do usuário, independentemente da presença de um programa de fidelidade existente na empresa.

Valor da vida do cliente – valor do consumidor para o cliente reflete o lucro que o usuário trará ao longo de sua vida, e não a receita de uma única compra.

O indicador de valor do cliente reflete melhor a lealdade do cliente, pois seu cálculo leva em consideração indicadores tão importantes quanto a frequência das compras e por quanto tempo os usuários ficam na sua empresa.

Se um usuário compra com frequência e por um longo período de tempo, o nível de sua lealdade pode ser classificado como alto. Embora o CLV não mostre como os usuários são leais à marca no momento, o indicador demonstrará como o nível de lealdade (atitude do usuário em relação à marca) muda com o tempo.

Quando você sabe quantos clientes retornam para você após a primeira compra, você tem uma ideia melhor do nível de lealdade entre os clientes do site. Este indicador caracteriza a situação atual, não uma tendência.

Este indicador demonstra perfeitamente a eficácia das alterações feitas. Portanto, se o nível de constância do usuário aumentou após melhorar a usabilidade, a navegação, a forma de apresentar as notícias e a organização de um catálogo, você está seguindo na direção certa.

Como aumentar a lealdade? Cada usuário possui recursos pessoais que devem ser gastos para fazer uma compra no seu site. Isso é tempo, esforço, dinheiro, emoções. O objetivo de qualquer usuário de um site comercial ou não comercial é conseguir o que deseja com o menor custo. Para aumentar a lealdade do usuário, é necessário:

Reduzir o custo da interação – economize recursos importantes para o usuário – isso é tempo, esforço, dinheiro. Em relação ao site, isso melhora a usabilidade, a navegação simplificada, os níveis reduzidos de aninhamento e o número de cliques para comprar.

Felipe Miranda da Empiricus resume sua compreensão em investimentos

Após a divulgação dos dados acerca do superávit comercial chinês, que decepcionaram consideravelmente o mercado, a primeira reação foi a espera por indícios de que mais estímulos monetários sejam adotados. Pouco tempo depois, o próprio Banco Popular da China declarou que seriam feitos novos incentivos, trazendo uma nova onda de otimismo aos investidores, reporta Felipe Miranda, CEO da Empiricus.

A diminuição no volume das exportações da China, somada a notícia de que o número de novos empregos criados nos Estados Unidos no último trimestre permaneceu abaixo das expectativas, tem sido o bastante para que muitos defendam taxas de juros mais baixos ao redor do globo.

Se isso acontecer e os juros ficarem próximos de um valor negativo nas nações desenvolvidas, os títulos que não pagam yield se tornam mais vantajosos em termos relativos, destaca o CEO da Empiricus. Em outras palavras, é como se fosse possível realizar um carry trade com o ouro. Esse metal, por sua vez, apresentou uma curva acelerada de crescimento, e não por acaso, os maiores bancos centrais estão optando por aumentar em centenas de toneladas as suas reservas internacionais de ouro.

Segundo Felipe Miranda, esse conjunto de fatores leva a crer que é vantajoso acumular o metal precioso, especialmente antes que o mesmo supere o valor de US$ 2 mil por onça. O nome por trás da Empiricus ainda ressalta que a empresa já vem apostando no ouro há bastante tempo, até mesmo antes do metal se tornar manchete em diversos sites de finanças.

No Brasil, caso tenha existido alguma dúvida se o Copom (Comitê de Política Monetária) iria continuar realizando cortes na Selic por conta da valorização do dólar observada a partir de agosto, essa hipótese já está descartada. Os respiros que o real tem dado em alguns pregões e o fato do Fed ter evidenciado que se encontra em uma trajetória de cortes em sua taxa básica são fatores mais do que suficientes para que isso não aconteça.

O IPCA do mês de agosto também se portou de acordo com o esperado, e por isso tudo indica que aSelic irá atingir a porcentagem de 5,0% ao ano ainda em 2019, ou quem sabe até menos, noticia o CEO da Empiricus. Quando os analistas estimavam esses números, muitos consideraram exagero, mas agora que instituições como o Banco Bradesco já indicam essa tendência, resta pouco espaço para qualquer contestação.

Os que precisam de dados e estimativas vindas do exterior podem ainda observar o que foi divulgado pelo Bank of America Merrill Lynch, que também fez projeções parecidas ao longo dos últimos meses.

Para completar a análise sobre o cenário observado, o chamado risco-Brasil, que é medido por contratos de CDS, chegou a atingir a sua cotação mínima de 2019, que foi de 124 pontos base. Algo menor do que não acontecia desde 2013, quando o país ainda era investment grade, destaca Felipe Miranda, CEO da Empiricus. Com base nessa informação, já é possível esperar um upgrade pelas agências de classificação de risco muito em breve.

Por que a arquitetura da informação deve ser a principal prioridade?

Se você estiver redesenhando um site ou criando um novo, preste atenção especial à arquitetura da informação! O principal objetivo de uma arquitetura de informações bem-sucedida é disponibilizar os produtos, serviços e informações em seu site. E o principal objetivo da navegação no site é garantir que o usuário execute várias tarefas. Esses dois componentes são mais importantes para uma experiência positiva do usuário e, no final, afetam a essência do seu site. Afinal, os compradores não podem comprar o que não conseguem encontrar.

Quando o usuário não encontra o conteúdo necessário em seu site, ele sai para outro – Navegação muito complicada e confusa também leva a usuários que partiram. Portanto, ao criar um novo site ou reformar um site antigo, lembre-se de que a arquitetura e a navegação devem estar em destaque durante o processo de desenvolvimento nos negócios online. O que será discutido abaixo são informações importantes que devem ser conhecidas por quem trabalha com o site.

O que é arquitetura da informação? Dentro de um site, a arquitetura da informação é principalmente a categorização, rotulagem, priorização e vinculação adequadas de conteúdo e notícias. Tudo isso é para melhorar a usabilidade e a facilidade de encontrar suas informações. Simplificando, arquitetura clara da informação: Torna o site mais conveniente; Torna as informações no site facilmente acessíveis e promove economia de tempo e dinheiro.

Categorização – As pessoas tendem a combinar informações diferentes de acordo com certos critérios. Aqui estão alguns dos mais populares: por data e hora; alfabeticamente; por tamanho; geograficamente; socialmente; tematicamente; pelo público-alvo; em tarefas; por pontos de vista; para várias combinações dos itens acima.

Um conselho: criar sites com base em estatísticas de palavras-chave, dados de análise e estimativa de PageRank é um dos erros mais graves cometidos pelos desenvolvedores. A pessoa responsável pela arquitetura da informação precisa lembrar que os usuários não categorizam as informações de acordo com esses princípios. Embora esses dados possam ser úteis – concentre-se no usuário.

Marcação – Marcadores são usados ​​para identificar algo. Para fazer isso, eles também usam a palavra “classificação” , o que significa escolher a palavra certa para algo. O marcador de texto deve ser exclusivo e designações confusas podem levar ao fato de que o usuário terá que pular as páginas para frente e para trás, o que, é claro, significa dificuldades em encontrar as informações corretas.

Elementos do design moderno da web

Todos os anos vemos novos elementos de web design. Obviamente, não é necessário usar tudo, mas quanto mais você puder trazer para a sua próxima reformulação, melhor será o seu site. Então você pergunta: O que incluem esses elementos mais recentes e quais são realmente necessários para gerar economia em nosso site?

Tipografia Exclusiva – A maioria das empresas possui sua própria identidade corporativa, que inclui: aparência, tamanho da fonte e design do texto, o que ajuda os clientes a distinguir instantaneamente a empresa dos concorrentes.

Nos últimos anos, o número de fontes que podem ser usadas em sites aumentou significativamente. Os designers agora têm mais opções. A tipografia da New Yorker é reconhecida pelos consumidores em todo o mundo por seu estilo e aparência únicos.

Por que isso é útil? Os designers usam um estilo que acompanha os visitantes do site em diferentes seções. Por exemplo, no site The New Yorker, os visitantes são guiados por seções com base na tipografia e no tamanho da fonte.

Ao criar uma marca, é importante considerar a tipografia. Isso permite que os consumidores reconheçam imediatamente seu site e sua marca.

Design plano – O design plano é conhecido por sua aparência simplificada. Em vez de usar efeitos tridimensionais e outras técnicas de design, o design plano usa ilustrações simples e geralmente vibrantes.

Por que isso é útil? O design plano se concentra no conteúdo da empresa. Isso permite que os usuários reconheçam claramente os principais acentos que o conteúdo carrega, e não o design “moderno”.

Além disso, o design plano é baseado em um estilo minimalista, com grandes espaços, o que torna o site mais limpo e deixa muito espaço livre.

Muitos designers agora tentam não sobrecarregar sites com elementos decorativos e deixar mais espaço livre para que o usuário preste atenção no conteúdo do site, ou seja, em seu conteúdo.

Efeitos suspensos – Os efeitos de foco instantâneo nas seções do site ajudam o usuário a entender onde a página está localizada. Quando você passa o mouse sobre uma parte de um site com efeito de foco, geralmente muda de cor ou configuração e mostra a seção que você está assistindo no momento.

Como segmentar seus clientes?

É difícil alcançar um grupo selecionado de clientes. A seleção apropriada de ferramentas de marketing é difícil e a transição de um grupo de compradores para outro – pode envolver trabalho e investimentos adicionais. A segmentação do mercado é uma maneira de combinar perfeitamente a mensagem publicitária e a oferta comercial ao cliente. Graças a isso, alcançaremos facilmente nossas ofertas para as pessoas interessadas, gerando economia de tempo e dinheiro.

Os fatores que afetam a compra de um bem por um cliente que são diferentes do preço são o recebimento do produto. Indica o contexto em que o produto existe. Aninhado na mente subconsciente do cliente, permite associá-lo mais facilmente à necessidade de compra que aparece. A segmentação de clientes no mundo dos negócios nos permite escolher uma mensagem comercial e de marketing que trará o cliente para nós quando surgir uma necessidade de compra. Apareceremos em sua consciência como uma loja que pode satisfazer seus desejos.

Dependendo da gama de produtos, tentaremos alcançar diferentes grupos-alvo. No entanto, existem lojas ou marcas que direcionam sua oferta para muitos grupos de clientes. Isso pode ser observado principalmente no caso de lojas de roupas e alimentos. Uma quantidade enorme de mercadorias diversas nos obriga espontaneamente a direcionar a oferta a vários destinatários. O conceito de segmentação é baseado na suposição de diversificação e adaptação do marketing às necessidades e expectativas de um determinado grupo de destinatários. O número de segmentos varia de acordo com a diferença entre nossos clientes. No entanto, é raro haver muitos deles e, geralmente, as empresas se concentram apenas em alguns deles.

O que você pode ganhar? Se você realizar a segmentação apropriada, aprenderá as necessidades e hábitos dos clientes atuais, perdidos e potenciais. Graças ao melhor reconhecimento do mercado, é possível ajustar o produto às expectativas dos compradores. A segmentação também melhora a eficácia das mensagens e notícias publicitárias e as adapta ao orçamento atual. Além disso, a segmentação pode ajudá-lo a diversificar sua receita em um momento mais difícil, alterando o foco em grupos mais lucrativos em um determinado período. Pesquisas mostram que, durante períodos de desaceleração, os clientes reduzem claramente os gastos do consumidor. Isso implica a necessidade de alcançar apenas um ou dois dos grupos mais lucrativos. Os custos de segmentação são relativamente baixos se os combinarmos com novos clientes e uma injeção de dinheiro que podemos receber dele.

Comunicação e marketing por SMS

“A capacidade de comunicação se tornou uma mercadoria no mundo de hoje, pela qual estou disposto a pagar mais do que por qualquer outra. “(John D. Rockefeller). Uma breve mensagem de texto que apareceu pela primeira vez em 1992 revolucionou a economia móvel. Dezenas de caracteres podem substituir uma conversa e se tornaram uma solução de marketing ideal. As mensagens SMS provam ser uma ferramenta de comunicação não apenas no nível privado, mas também no nível empresarial.

Comunicação móvel no comércio eletrônico – Muitos especialistas em comércio eletrônico não acreditavam em marketing móvel em vendas eletrônicas. Até recentemente, a comunicação por SMS era mais uma ação adicional. Essa solução foi associada apenas aos maiores e mais fortes players do mercado. Acontece que, com o tempo, essas ferramentas se tornaram mais baratas e mais difundidas e, portanto, podem melhorar o funcionamento de qualquer loja, inclusive uma pequena, incluindo a sua. Otimização de processos logísticos (notificações automatizadas por SMS), melhoria do fluxo de informações na estrutura interna da organização, construção de relacionamentos de longo prazo com e-clients, suporte a atividades de marketing e publicidade são os aspectos mais comuns nos quais a comunicação por SMS pode ser extremamente útil. A mensagem de texto pode ser um link entre os canais online e offline, pode influenciar os clientes e mobilizá-los para agir. O único limite é de 160 caracteres e sua imaginação.

Confirmação de pedido e envio via SMS – Na loja online, o fluxo de informações é importante. As mensagens de texto são uma ferramenta insubstituível para comunicação com os clientes da loja online. Informações importantes enviadas diretamente para o telefone celular da pessoa, na forma de notificações por SMS, funcionam bem em pequenas e médias empresas, mas também em grandes cadeias de lojas com uma estrutura extensa. Graças às notificações por SMS, por exemplo, sobre o status do pedido, a comunicação com os clientes eletrônicos ganha suavidade. A principal vantagem do canal SMS é a capacidade de alcançar o cliente diretamente em um horário preciso.

Graças às mensagens de texto recebidas no celular, o comprador pode acompanhar a transação continuamente, monitorar o processo de compra, receber informações sobre a data exata da entrega no endereço indicado, bem como sobre qualquer atraso na entrega.

O que são serviços premium?

Seus clientes querem se sentir especiais, especialmente aqueles que deixam mais dinheiro com você e assim movimentam a economia. Os serviços premium direcionados aos clientes VIP são uma das formas de agradecimento pelas compras, bem como um tipo de ímã para quem gosta de sentir que é tratado de forma diferente. A introdução de serviços premium nos negócios traz benefícios para o cliente e o vendedor.

Premium, o que é isso? O conceito de serviços premium abrange várias atrações direcionadas a clientes que são o principal núcleo da sua empresa. São as pessoas que gastam mais dinheiro e que, por sua lealdade, recebem algo mais de você. A participação no grupo desses clientes nem sempre precisa estar conectada à realização de compras, porque você pode encontrar práticas nas quais é necessário pagar a participação no grupo de clientes “premium”. Essa política foi introduzida, entre outras, pela Amazon, criando o programa Prime.

Para entender melhor a ideia de um “cliente premium” e os serviços preparados especialmente para ele, deve-se observar como esse tipo de comprador recompensador funciona no mercado. O melhor exemplo pode ser as companhias aéreas que estão lutando pelos clientes, principalmente preços e serviços adicionais. Nesse setor, reina o valor agregado. A base das notícias são os cartões nos quais o cliente acumula milhas e sua soma é convertida em descontos, abatimentos e serviços adicionais. Graças a isso, o usuário pode, por exemplo, alugar um carro mais barato ou reservar um quarto de hotel. As companhias aéreas garantem que o voo esteja conectado com outros serviços adicionais, e a cooperação com os parceiros fica sem reservas. O objetivo da linha é remover do passageiro qualquer inconveniente relacionado à viagem. Esta oferta é ideal para clientes que viajam com frequência para fins comerciais, quem não tem tempo para fazer reservas ou alugar um carro. No entanto, esse não é o fim dos serviços premium que eles recebem. Pessoas com cartões VIP têm acesso a “salões” especiais nos aeroportos, onde podem esperar a partida em paz, geralmente são os primeiros a embarcar no avião e têm a oportunidade de escolher assentos a bordo. No comércio eletrônico, serviços premium também são algo que permite ao cliente fazer compras tranquilas em um ambiente muito amigável.

Relações públicas na loja online

“Não importa o quê, é importante que eles falem sobre nós.” Essa frase é um exemplo de que o pensamento de marketing de muitas pessoas que lidam com publicidade e relações públicas é muito limitado. Essa abordagem do assunto só pode causar danos. A publicidade será útil para a nossa empresa apenas se tivermos algo para nos gabar. Caso contrário, é melhor evitá-lo. No entanto, se houver uma crise de economia, não enterre a cabeça na areia, mas vamos reagir adequadamente à situação.

Relações Públicas é uma ferramenta específica que pode fortalecer a marca nas mãos certas. É importante lembrar que, no meio das atividades de relações públicas, existe uma empresa com seu ambiente externo e interno.

Por que preciso de relações públicas? Existem tantas definições de Relações Públicas quanto profissionais escrevendo sobre isso, por isso é difícil escolher uma.

Relações Públicas é construção de imagens. Os especialistas em relações públicas buscam alcançar o grupo-alvo selecionado usando as ferramentas disponíveis. Esse grupo, que geralmente é formado por clientes ou clientes em potencial, deve perceber a empresa como confiável, especialista, etc. Esse objetivo pode ser alcançado com muito trabalho, procedimentos, normas, mas às vezes há situações em que acidentes aleatórios, marketing boca a boca ou outros fatores externos atrapalham nossos planos. Em tal situação, o desenvolvimento de eventos adversos para a empresa deve ser evitado o mais rápido possível.

Parece que a melhor solução para os negócios é ter seus próprios funcionários lidando com relações públicas amplamente compreendidas. No entanto, deve-se lembrar que mesmo a melhor pessoa que lida com Relações Públicas sem “contatos” apropriados pode não funcionar muito. Em situações de crise, o tempo de reação e uma abordagem adequada ao tópico são importantes. A declaração no site da empresa pode não ser suficiente, talvez você precise comprar espaço publicitário em grandes jornais ou organizar uma conferência de imprensa durante a noite. Sabe-se que tais situações não ocorrem todos os dias, mas deve-se ter em mente que um dia elas podem ocorrer. Então você deve considerar o uso dos serviços de uma agência de relações públicas. A terceirização do departamento de Relações Públicas para uma empresa externa não precisa ser cara, e em alguns setores pode ajudar muito na construção de uma imagem positiva da empresa.

O FUTURO DA JHSF, JOSÉ AURIEMO NETO

O setor de imóveis no Brasil em ritmo acelerado e os preços têm disparado da propriedade no país, mesmo quando a economia do país tem assistido a uma queda significativa nos últimos trimestres. O governo tem se concentrado no desenvolvimento da infraestrutura do país, e são as empresas privadas de desenvolvimento imobiliário, como a JHSF, que têm ajudado na realização de projetos massivos de desenvolvimento de infraestrutura, tanto no setor comercial quanto no residencial.

José Auriemo Neto iniciou sua carreira na JHSF em 1993. A JHSF é uma empresa de participações imobiliárias, cujo foco principal é o desenvolvimento comercial e residencial no mercado imobiliário. A JHSF engloba hotéis de luxo, edifícios de escritórios, shopping centers e restaurantes.

Em 1997, José Auriemo Neto liderou a JHSF no estabelecimento de sua empresa Parkbem. José Auriemo Neto, capaz de identificar a necessidade do mercado por uma empresa de gestão de estacionamentos, criou a Parbem como solução. Esta fundação da Parkbem, foi o início do Departamento de Serviços da JHSF.

Em 1998, José Auriemo Neto seguiu seu estabelecimento Parkbem com a fundação do shopping Shopping Santa Cruz. O Shopping Santa Cruz é um shopping center completo, com sala de cinema, muitas lojas e restaurantes. José Auriemo Neto também é responsável por administrar o shopping também.

Desde 2009, José Auriemo Neto é membro do Conselho de Administração da JHSF. A JHSF também possui um portfólio de varejo de grande porte, incluindo o Cidade Jardim e o Metrô Tucuruv em São Paulo, o Bela Vista em Salvador e Ponta Negra em Manaus, e José Auriemo Neto é responsável por gerenciar todos eles.

José Auriemo Neto, também estabeleceu a primeira parceria da JHSF com as marcas de luxo em 2009, com Hermes, Pucci e Jimmy Cho. Jose Auriemo Neto, foi capaz de liderar a JHSF e continuar sua tradição de identificação de oportunidades e implementações de soluções. José Auriemo Neto, membro da Young Presidents Organization, também foi o principal executivo por dois mandatos consecutivos, de 2003 a 2004 e novamente de 2004 a 2005.

José Auriemo Neto, continuou mostrando sua capacidade de liderar a JHSF na direção correta, alavancando sua experiência e ética de trabalho. A JHSF planeja abrir outro shopping em São Paulo no futuro próximo.

Tudo acaba em pizza, ainda mais se ela tiver 1,2 mil fatias e 3,5 m de diâmetro

Em agosto de 2019, algumas notícias inusitadas surgiram durante à Expointer no parque de exposição Assis Brasil, em Esteio (RS), quando foi assada a maior pizza do Brasil, com 3,5 metros de diâmetro e 160 kg. Foram necessárias cinco horas para assar a pizza que rendeu cerca de 1.200 pedaços, distribuídos ao público presente no momento, e virou a grande notícia

A Expointer é uma feira de exposição agropecuária que acontece todo ano na cidade de Esteio, no Rio Grande do Sul. Teve sua primeira edição em 1901, e, mesmo neste primeiro ano, teve participação de 2.200 expositores e um público de 67 mil pessoas, números expressivos e impressionantes para a época, demonstrando o grande interesse do público pelo evento, que contava com apresentações de animais bovinos, equinos, suínos, produtos agrícolas e artesanatos. Hoje em dia, o evento já evoluiu muito, mas nunca perdendo sua essência, conta com atrações como: Exposição de 151 raças de animais, julgamentos e leilões de animais, desfile dos campeões, máquinas agrícolas, feira de agricultura familiar, exposição de artesanatos, palestras técnicas, concursos entre raças equinas (freio de ouro), atrações culturais, entre outras coisas. Se você se interessou, pode conhecer mais sobre a feira neste link.

Na edição de 2019, a pizzaria The Petit resolveu inovar no entretenimento e marketing, cozinhando a maior pizza do Brasil durante o evento. À pizzaria precisou de 6 horas para assar à pizza, que possuía a seguinte receita: 60 quilos de queijo, 20 litros de molho de tomate, 35 quilos de tomates fatiados, 40 quilos de farinha de trigo e que possuía recheio de 5 queijos: muçarela, gouda, gorgonzola, parmesão e requeijão, que precisaram ser distribuídos por um profissional de rapel. Para preparar a pizza, foi preciso improvisar um forno com 12 tonéis cortados ao meio, com meia tonelada de lenha dentro. A temperatura de preparo foi de 90 °C. À pizzaria começou o preparo da massa uma tarde antes, e a colocou no forno improvisado as 7 horas da manhã, ficando pronta somente meio-dia, totalizando cinco horas necessárias para assar e ficar pronta. Bateu aquela vontade de fazer uma pizza ou de bater este recorde?